Arquivo da tag: mapa

Como utilizar a carta topográfica/mapa

Já sabemos que GPS, bússola e mapa são indispensáveis na prática do trekking. Hoje iremos ver as particularidades de uma carta topográfica e como interpretá-la.

As cartas brasileiras são feitas em geral por órgãos militares ou pelo IBGE e podem ser compradas ou baixadas da internet.

carta-modelo

Para baixar a imagem acima em melhor resolução, faça o download diretamente do site Trekking Brasil aqui: Download Carta Topográfica de Manhumirim.

Os pontos mais importantes de uma carta topográfica são:

  1. Nome da Carta:aqui no Brasil, a maioria das cartas levam os nomes das cidades.
  2. Escala e régua:a escala indica a proporção entre o que está na carta topográfica e o terreno real.

Exemplo: 1:50.000

Isso significa que cada 1 cm no mapa equivale a 50 mil cm no terreno real, ou seja, 500 metros. Para achar o valor em metros basta dividir o maior número da escala por 100. Neste caso teríamos 50.000 / 100 = 500 metros.

  1. Curvas de Nível: elas indicam o relevo da região, mostrando vales, depressões, campos ou encostas de montanhas.

curvas-nivel

As curvas podem ficar mais próximas umas das outras, o que indica um terreno montanhoso ou mais afastadas, o que indica uma área mais plana. No exemplo acima, a parte pintada de verde representa uma região de campos de altitude, com um bom espaçamento entre as curvas. Já na parte vermelha, as linhas se amontoam em alguns pontos, isso significa que aquela é uma região de encostas montanhosas. Os números que estão entre as curvas indicam a altitude naquelas linhas.

  1. Latitudes, Longitudes e UTM:nas laterais dos mapas temos as Latitudes (acima e embaixo – vertical) e as Longitudes (direita e esquerda – horizontal). Entre as marcas de latitudes e longitudes temos marcações em UTM que permitem resumir uma área de uma carta topográfica em um espaço ainda menor, o que remete à localização de pontos muito específicos.

lat-longitude

No exemplo acima, as coordenadas corretas são: 116 oeste-leste e 573 sul-norte, baseado na carta topográfica completa. A ordem deve ser sempre a mostrada acima: coordenada oeste-leste na frente e em seguida a sul-norte.

  1. Legendas e convenções:facilitam a identificação de pontos úteis, tais como estradas, rios, cidades, ferrovias, fazendas, etc.

Uma curiosidade importante: os nomes de cidades e afins grafados nas cartas apontam sempre para o norte! Sendo assim caso você tenha apenas um pedaço do mapa e precise alinhá-lo com o terreno basta deixar a agulha da bússola casar com o norte e então alinhar o mapa.

Para mais informações, consulte o site Trekking Brasil aqui.

🙂

Anúncios

Como se orientar com bússolas e mapas

Como no Projeto Trekking Ambiental o uso da bússola em conjunto com o mapa é fundamental e será muito utilizado, mostraremos a seguir como orientar-se dessa forma:

1. Primeiramente, coloque a bússola sobre o mapa em uma superfície horizontal. A agulha imantada não funciona se a bússola estiver inclinada.

Fonte da Imagem: Wiki How

2. Usando a lateral da bússola como régua, coloque-a de forma que ela crie uma linha entre sua posição atual e para onde você quer ir.

bussola-mapa2

3. Gire o limbo até que o portão aponte para o norte do mapa. Uma vez no lugar, já pode guardar o mapa.

bussola-mapa3

4. Segure a bússola horizontalmente com a seta de direção apontando para a sua frente.

bussola-mapa4

5. Vire-se até que a ponta norte da agulha imantada se alinhe com o portão.

bussola-mapa5

6. Siga a seta de direção: ela apontará o seu destino.

bussola-mapa6

Caso ainda fique com dúvidas, retorne ao primeiro post explicativo de bússolas e repita o passo a passo 🙂

Complete seu conhecimento assistindo ao vídeo:

Fonte das Imagens: Wiki How

Equipamentos utilizados no Trekking

Chuteira e caneleira no futebol.

Raquete, tênis e bolinha no Tênis de quadra.

Óculos, touca e maiô na Natação.

E na hora de praticar trekking? Quais são os equipamentos aliados?

Em primeiro lugar, deve-se estar atento ao tipo de roupa e calçado, uma vez que esta escolha é determinada pelo clima e pelo tipo de terreno onde o trekking será praticado. Se o local for frio, luvas e gorro serão convenientes. E, caso o planejamento do trekking preveja um percurso longo, você terá que levar barraca e saco de dormir.

equipamentos-trekking

Na mochila, é imprescindível ter água e comida suficientes para o percurso. Além disso, é necessário ter consigo: repelente e protetor solar, óculos escuros, kit de primeiros socorros, celular e/ou rádios de comunicação, lanterna e pilhas extras, fogareiro, isqueiro, canivete, sacos de lixo, material de higiene pessoal, bússola, GPS e mapa da região.

bussola-mapa-gps-trekking

Durante a realização do projeto Trekking Ambiental, os últimos três equipamentos citados serão os mais utilizados. A bússola que, colocada sobre o mapa da região e ajustada conforme pontos notáveis (montanhas, estradas), indicará a direção a seguir. O mapa e o GPS mostram as elevações e vales, além de fazendas, estradas e rios. Para todo mundo chegar craque no dia, haverá treinamento para todos, com data a ser divulgada em breve!

Neste post, expusemos brevemente a quantidade de equipamentos que são necessários para a realização adequada do trekking! Continue acompanhando o nosso Blog e aprenda a usar a bússola, o GPS e o mapa, assim como organizar a mochila e escolher as roupas ideais.

Fique ligado!

Fonte das Imagens: Blog Trekking Clubs